Nova Atualização v2.10 para FT500!

12 de fevereiro de 2016

Nova Atualização v2.10 para FT500!

A versão 2.10 para FT500 está disponível para download, antes de atualizar o módulo, confira as instruções abaixo:
 

1º Passo – Antes de atualizar salve os mapas e logs salvos no módulo: Antes de mais nada é sempre bom fazer uma cópia dos mapas para o computador, então antes de instalar a nova versão, salve seus mapas importantes no computador, aproveite e baixe os logs que estão na memória da FT500 pois eles serão apagados após a atualização.
 

2º Passo – Baixe a versão 2.10 do FT Manager: FAÇA O DOWNLOAD DA NOVA VERSÃO AQUI ou no menu "Softwares" no site FuelTech.

 Em seguida abra o programa e aguarde o final da instalação.
 

3º Passo - FT Updater: abra o software FTManager e conecte o cabo USB no módulo FT500 e no computador, clique na aba “Ferramentas” e no ícone chamado “FT Updater”.
 

Uma nova janela surgirá, clique no botão “Atualizar” e aguarde até o final da atualização, um aviso será exibido na tela. No espaço localizado à direita da tela, chamado “Notas da versão”, estão descritas todas as novidades.

 

Novidades da versão 2.10 FT500 : 

 

 

- FT CAN 2.0: Novo protocolo de comunicação, mais rápido, robusto permite o recebimento de valores e status de outros produtos FuelTech

• Compatibilidade com o lançamento WB-O2 Nano e com a WB-O2 Slim (requer upgrade para CAN, entre em contato com nosso setor de manutenção para maiores informações).

• Compatibilidade com o novo lançamento EGT-8 CAN

• Associação de até 32 sensores por tipo de produto (32 WB-O2 Nano + 32 WB-O2 Slim + 32 Alcohol O2 (64 canais) + 16 canais de EGT)

• FT500 grava no LOG os valores e status dos sensores

• Permite a substituição automática de um produto por vez com re-associação automática

• Telas de diagnóstico exclusiva para produtos conectados na rede CAN

 

- Nova configuração de sensor sonda lambda

 

• Separação da configuração de sonda comum e banda larga (Wide band)

• Adicionado configuração de sonda através da rede FT CAN 2.0

• Permite configuração de sondas individuais por cilindro, por bancada e geral

 

Malha fechada
 

• Seleção de quais sensores são utilizados para controle de malha fechada

• Permite que o valor usado para o controle seja resultado da média dos sensores conectados, com opção de segurança para valores maiores que 1,10 lambda

• Aumento da resolução das tabelas de lambda (de 2 para 3 casas decimais)

 

Modo de teste para funções baseadas em tempo com motor desligado  
 

• Simula funções ativadas por tempo: acionamento de solenoides de troca de marcha, estágios de nitro, pulsar nitro por tempo, etc.

• Possibilita simular valores em tempo real: RPM, MAP, TPS e temperaturas do ar e motor

• Funcionamento com segurança, apenas com motor desligado e com 12V conectado

 

-  Aprimoramento da Função de “Saída para troca de marcha”
 

Novas opções de controle de troca de marcha automática por RPM e tempo, manual por botão de troca de marchas ou ambos.

• Opções de controle diretamente de: 

§Câmbios automáticos de arrancada

§“Clutchless” com acionamento pneumático

§Cambio sequencial com acionamento pneumático ou elétrico que requer redução de potência tipo “power shift” (exemplo Suzuki Hayabusa e similates)

§Cambio Lenco de arrancada de até 6 marchas

 

-  Melhorias gerais:
 

• Inserido modo “Cut-off” no diagnóstico do motor.

• Exibição do nome do mapa ativo na inicialização do módulo no canto inferior esquerdo para facilitar identificar o mapa ativo.

• Aperfeiçoamento no controle de marcha lenta: as compensações de lenta e de enriquecimento passam a funcionar sem a necessidade de uma saída de ar condicionado configurada.

 • Adicionado a opção de utilizar um termopar tipo K (com EGT-8 via CAN ou ETM-1 via analógica) como sensor pré-definido para temperatura do ar e do motor.

 • Adicionado novas configurações de sinal de RPM “simples e avançado”.

• Melhoria na detecção de marcha por velocidade de roda e relação de cambio.

Novas opções de acionamento das saídas configuráveis, por 0V e 12V, disponíveis para:

§Saída Nitro Progressivo (PWM)

§Saída Boost Progressivo (PWM)

§ Saídas de Pro-Nitro

§ Saídas de Wheelie Control 

 

-  FTManager e Datalogger
 

• Inserida abas de edição com informações do log: 

§ Gráfico do dinamômetro: é possível importar um arquivo do dinamômetro ou digitar manualmente a tabela de torque e potência e visualizar no log, permitindo salvar essas curvas dentro do log.

§ Arrancada: Permite inserir e marcar no log todas as informações das parciais da arrancada, com campos para reação, 60 pés, 100m, 201m, 250m, 300m, 402m e mais um campo editável

§ Circuito: permite utilizar um sensor de beacon que faça a marcação de fechamento de volta e separação do log em voltas.

§ Informações do carro, sessão, tipo de teste e todas informações climáticas.

• Melhoria na verificação das saídas configuradas. 

• Melhoria na exibição da linha do tempo ao visualizar o log.

• Aperfeiçoamento na exibição dos nomes dos canais customizados no Diagrama de ligação do chicote elétrico

• Melhoria na função “Mesclar gráficos”

• Nova pergunta se deseja salvar as alterações no log ao sair do FT Datalogger

• Quando TPS desativado no mapa, não será registrado no log

• Aumento da capacidade de canais gravados de 64 para 128 canais

• Adicionados no log as compensações e enriquecimento do controle de marcha lenta.