FuelTech no Velopark 201m!

outubro 29, 2020

Largada mais rápida da história e show de vitórias e recordes: a arrancada voltou no Velopark!

Retorno das competições ao parque em Nova Santa Rita (RS) teve 15 vitórias em 16 categorias e quatro de cinco recordes batidos por carros equipados com FuelTech

Dez meses após o histórico Festival Velopark, em Daddy Dave (Goliath) e Shawn Ellington (Murder Nova), astros do programa Corridas Proibidas, vieram pela primeira vez ao Brasil com apoio da FuelTech, enfim a arrancada voltou ao complexo automobilístico localizado em Nova Santa Rita (RS). A primeira prova do ano, de portões fechados e com severas restrições sanitárias em função da pandemia da covid-19, foi realizada nos últimos dias 24 e 25 de outubro. Todas as disputas ocorreram em distância de 201 metros.

O que não mudou na volta da arrancada ao Velopark foram os resultados: das 16 categorias que tiveram pilotos na pista, 15 foram vencidas por carros equipados com produtos FuelTech. O mesmo vale para os novos recordes estabelecidos: em quatro das cinco categorias cujos melhores tempos foram batidos no fim de semana, as novas marcas foram cravadas por carros equipados com nossos produtos. O que nos enche de orgulho após tamanha espera para voltarmos a vibrar com esta competição que tanto amamos!

 

A mais rápida da história

Um capítulo à parte no retorno da arrancada ao Velopark foi escrito pela Pro Mod, disputada pelo Camaro #174 de Roderjan Busato e pelo Corvette #938 de Jader Krolow - ambos equipados com FuelTech. Eles disputaram quatro largadas lado a lado na prova. Krolow venceu a primeira por 28 milésimos de diferença. Busato deu o troco em seguida por apenas 20 milésimos. O paranaense abortou a terceira puxada, mas voltou com tudo para a final, onde bateu o Patrão por somente 85 milésimos (3s954 a 4s039 no tempo total).

A largada decisiva da categoria foi a mais rápida da história da arrancada no Brasil em 201m. Ambos viraram na casa dos 3s no tempo de pista: Roderjan cravou 3s891 (melhor tempo de pista de todo o fim de semana) contra 3s969 de Krolow, que apesar disso, foi mais veloz: atingiu 327 km/h de velocidade final na última puxada, contra 305 km/h. A versão brasileira da categoria nascida nos EUA está cada vez melhor - e certamente encheria os olhos dos próprios americanos!


Lado a lado até o fim

O brilho das disputas lado a lado foi visto em outras várias categorias no mata-mata, como a Turbo Traseira A (TT-A). Depois de uma classificatória complicada, Celso Camargo (Opala #101) voou nas eliminatórias e venceu com dois holeshots (quando o piloto vence com melhor reação, mas tempo de pista inferior ao adversário). Na semifinal, o piloto da Julieta Competições bateu Wellington Scalez por 5s025 a 5s094 (69 milésimos de diferença). Já na final 100% FuelTech, Camargo ganhou de Adriano Steffani, da GCR, uma das gratas surpresas do fim de semana, com 5s082 a 5s155 (apenas 73 milésimos à frente).

O mesmo fez Ricardo Borba (Chevette #115) na Turbo Traseira B (TT-B), versão da categoria voltada a carros com quatro cilindros. Na decisão, Borbinha trouxe a vitória para a equipe Kittler e a FuelTech com um holeshot de 5s624 contra 5s670 sobre Luís Aranha, meros 46 milésimos à frente. Outros destaques da categoria foram Israel Fontanella, sem poder acelerar seu Opala Metal, a bordo do Chevette com motor de Opala quatro cilindros da equipe Julieta. Já Leonardo do Valle foi o primeiro da categoria a andar na casa dos quatro segundos num fim de semana, mas a marca foi obtida num treino livre e não pode ser oficializada como recorde.

 

Outro pega marcante aconteceu na Dianteira Turbo A Light (DT-A Light): o paranaense Aldo Hiroshi (Gol #111), que até a penúltima classificatória não tinha tempo suficiente para avançar ao mata-mata, venceu Fabíola Dal Bo (Gol #15) por 86 milésimos. De quebra, tomou da veloz conterrânea o recorde da categoria ao cravar 5s666 no tempo de pista. Festa completa para a equipe Teruo, comandada pelo preparador André Teruo, que é esposo de Fabíola.

 

 

Tração dianteira em evidência

A força das mulheres também se manifestou na Dianteira Super (DS): na melhor prova de sua vida, Renata Pasqualete, da Tech Force, bateu duas vezes o recorde da categoria, a última delas na grande final contra o Gol de Leandro Sbroglio. Com tempo de pista de 6s051, Renata e seu Pálio Fivetech estabeleceram o melhor tempo para a categoria em uma prova de 201m no Velopark. No tempo total, a paulista de Andradina venceu o adversário por 6s130 a 6s370.

Outros dois pilotos equipados com FuelTech detonaram o cronômetro em categorias de tração dianteira: na Dianteira Turbo B (DT-B), Fábio Zarbielli (Gol #66) virou 6s532 no tempo de pista e trouxe de volta o recorde da categoria para a GCR Competições. Na Dianteira Turbo C (DT-C), Fernando Defendi manteve seu reinado na categoria em provas no Velopark e cravou 6s879, o que o fez baixar o próprio melhor tempo em seis milésimos.

A arrancada continua no Velopark com mais duas provas em 201m confirmadas: de 3 a 6 de dezembro, o parque sedia a terceira edição do Festival Velopark. Já em 22 e 23 de janeiro, a famosa reta de concreto recebe nova prova, desta vez em edição noturna.

Fotos: DragsterBrasil.com 




Leia Mais!

FuelTech Off Road: Torne seu jipe ou gaiola um campeão!
FuelTech Off Road: Torne seu jipe ou gaiola um campeão!

junho 17, 2022

Os módulos FuelTech fazem cada vez mais sucesso entre os jipeiros. Confira algumas das funções que podem ajudar seu projeto, não importa o terreno em que você for acelerar!

Clique e confira!

FT Education: os 10 anos da fábrica de campeões da FuelTech
FT Education: os 10 anos da fábrica de campeões da FuelTech

maio 25, 2022

Conheça nossa divisão de treinamentos, que há uma década forma profissionais campeões e qualifica a mão de obra do mercado de alta performance!

Clique e confira!

Como instalar FuelTech?
Como instalar FuelTech?

maio 12, 2022

Quer melhorar o gerenciamento do seu projeto de rua ou pista com a FuelTech e não sabe por onde começar com a instalação? Confira aqui todos os detalhes de como e onde instalar!

Clique e confira!