FT450 SFI

5382

  • Módulo de controle para sistema de injeção eletrônica em veículos automotores.

    Lembre-se de selecionar o tipo de chicote elétrico caso queira adquirir sua FT450 com chicote para instalação, selecione a opção desejada no botão "Chicote elétrico" e depois em "adicionar carrinho".

  • Manual FT450
    Software FTManager
     CAD FT450 
FuelTech FT450 -  A Injeção Eletrônica Programável com o Melhor Custo Benefício!

FuelTech EVERYWHERE!

FuelTech FT450 - Injeção Programável

Inspirada na paixão que nossos clientes tem por cada projeto, a FuelTech trabalha duro para oferecer o que tem de melhor em ECUs programáveis, e assim satisfazer você, que é o que temos de mais precioso. Queremos proporcionar cada vez mais possibilidades de sonhos e conquistas de recordes com produtos de extrema confiabilidade e qualidade. Com muito orgulho, apresentamos as novas FuelTech FT450 e FT550, que vêm de forma magistral completar e expandir a linha PowerFT. Elas integram os poderosos recursos da FT600, sem quaisquer limitações de software e com o hardware adequado para cada projeto e orçamento, permitem que a FuelTech disponibilize o que existe de melhor no mundo em controle eletrônico automotivo para qualquer nível de projeto!

A FuelTech FT450 é o produto perfeito para projetos que necessitam do melhor custo benefício desfrutando de todas as características de linha PowerFT como injeção e ignição sequencial, correção por sonda em malha fechada, o novíssimo controle de tração ativo, BoostController integrado, datalogger, controle de nitro, odômetro, funções de arrancada e muito mais. Em um gabinete plástico robusto de alta qualidade à prova d’água, conector automotivo de 26 pinos, comunicação via USB e uma porta CAN, conta com 7 entradas e 10 saídas totalmente configuráveis. Com o mesmo Painel de Instrumentos da FT600, desenvolvido para tornar a visualização muito mais fácil ao piloto, incluindo facilidades para os carros de rua como botão de partida e uso de LEDs virtuais para setas, faróis e outras funções. A tela permite a edição dos mapas diretamente no módulo, sem necessidade do uso de computador, integração perfeita entre a ECU e Painel do veículo!

A FT450 utiliza o mesmo software FTManager da FT600 com todos os recursos e funcionalidades já existentes.
Incluindo a nova função para aplicar a correção de malha fechada de um log no mapa. Os mapas de todas as ECUs
PowerFT são compatíveis entre sí, abra, edite e grave mapas com interface intuitiva de fácil usabilidade.
Produto Beneficiado pela Legislação de Informática

FuelTech - Datalogger Interno 256 Canais
Boost Controller
Controle de Tração Ativo FuelTech
Injeção com Malha Fechada
FuelTech FT450 - Injeção Programável

FICHA TÉCNICA

ESPECIFICAÇÕES

• Controle de motores ciclo Otto de 1, 2, 3, 4, 5, 6, 8, 10 e 12 cilindros;
• Controle de motores Wankel de 2 rotores;
• Controle de injeção em modo sequencial, semissequencial e multiponto;
• Controle de injeção mecânica (Blower Timers);
• Controle de ignição por roda fônica ou distribuidor;
• Controle de ignição em modo sequencial ou centelha perdida;
• Malha fechada de injeção por sensor de oxigênio (sonda lambda banda larga) 1;
• Conector automotivo AMP SUPERSEAL;
• Controle de marcha-lenta por ponto de ignição e atuadores simples e válvula PWM;
• Controle de câmbio automático;
• Mapas programáveis em tempo real diretamente na tela ou através do software
FTManager (que inclui acesso remoto);
• Gabinete em ABS polido e texturizado com proteção contra entrada de água.

*Necessita de condicionador de sonda lambda banda larga externo – FuelTech WB-O2 Nano, Alcohol-O2, WBO2 Datalogger, etc.)

ENTRADAS

• Diferencial para sinal de rotação;
• Entrada para sinal de fase (incluindo sensores de fase com múltiplos dentes);
• 7 canais de entrada totalmente configuráveis – digitais e analógicas (sensores de
temperatura, de pressão, de velocidade, de posição, TPS, MAP externo, botões, chaves,
etc.);
• Escala de leitura dos sensores editável;
• Sensor MAP interno de 7 bar absolutos (1 bar relativo ao vácuo e 6 bar de pressão
positiva);
• 1 porta USB para comunicação Entrada com o computador e software FuelTech;
• 1 porta CAN FuelTech FTCAN 2.0
        • Equipamentos FuelTech: WB-O2 Nano, EGT-4 CAN, EGT-8 CAN, FTSPARK e
          SwitchPanels, FT Input Expander;
        • Equipamentos de terceiros: Racepak IQ3, rede VNET, AiM, etc);
        • Compatibilidade parcial com OEM CAN: Corvette C6, Corvette C7, Camaro (5ª
          Geração), Cadillac CTS-V 2009.

SAÍDAS

• Total de 10 saídas configuráveis: (todas podem ser usadas para acionamentos
auxiliares de bomba de combustível, eletroventilador, válvulas ou injetores para
BoostController, etc.)
      • 6 saídas coletor aberto: recomendadas para injetores de alta impedância (até
        4 injetores por saída) – é possível configurar até 10 saídas utilizando módulo
        externo FuelTech Peak and Hold;
• 5 saídas coletor aberto com fonte de corrente em 5V: recomendadas para ignição;

painel de instrumentos

• Painel de Instrumentos na tela com mostradores de diferentes tamanhos e estilos que
podem ser utilizados com qualquer sensor presente no equipamento;
• Painel de instrumentos com até 4 telas. A navegação pode ser feita através da tela ou
de um botão externo;
• 4 LEDs virtuais que podem ter acionamento combinados de até 3 condições;
• Painel de diagnóstico com informações em tempo real de todas entradas, saídas,
valores mínimos e máximos, CAN, Eventos de Status e diagnóstico de partida.
• Tela de apresentação configurável permite que o usuário customize a imagem que
aparece na inicialização da FT450

controles de injeção

• Injeção sequencial para até 10 saídas;
• Malha fechada de injeção por sensor de oxigênio (sonda lambda banda larga) 1;
• 2 bancadas de injeção (Bancada A e B);
• Mapa principal por MAP ou TPS por RPM;
• Mapa principal 3D avançado de até 32x32 pontos (tamanho e índices dos mapas
totalmente configuráveis);
• Ou mapa simplificado 2D de até 1x32 pontos por MAP ou TPS e correção por RPM de
até 1x32 pontos (tamanho e índices dos mapas totalmente configuráveis)
• Resolução do tempo de injeção 0,001ms;
• Ajuste de injeção rápida e de decaimento;
• Ajustes individuais de injeção por cilindro por MAP ou RPM;
• Compensação de injeção por:
      • Temperatura do motor;
      • Temperatura do ar;
      • Tensão da bateria (individual por bancada);
      • TPS ou MAP;
• Mapa de partida do motor por temperatura do motor;
• Primeiro pulso de partida;
• Enriquecimento de combustível após partida;
• Compensação de combustível por marcha;
• Compensação de combustível na troca de marcha;
• Mapa de ângulo de fase de injeção;
• Compensação de deadtime de injetores por tensão da bateria.
1 Necessita de condicionador de sonda lambda banda larga externo – FuelTech WB-O2
Nano, Alcohol-O2, WBO2 Datalogger, etc.);

*Necessita de condicionador de sonda lambda banda larga externo – FuelTech WB-O2 Nano, Alcohol-O2, WBO2 Datalogger, etc.);

controles de ignição

• Ignição sequencial para até 5 cilindros;
• Mapa principal por MAP ou TPS por RPM;
• Mapa principal 3D avançado de até 32x32 pontos (tamanho e índices dos mapas
totalmente configuráveis);
• Ou mapa simplificado 2D de até 1x32 pontos por MAP ou TPS e correção por RPM de
até 1x32 pontos (tamanho e índices dos mapas totalmente configuráveis);
• Resolução do ângulo de ignição 0,01°;
• Ajustes de ignição individuais por cilindro;
• Compensação de ponto de ignição por temperatura do ar;
• Compensação de ponto de ignição por temperatura do motor;

• Compensação de ponto de ignição por marcha;
• Compensação de ponto de ignição na troca de marcha.

datalogger interno

• Gravação de múltiplas sessões (arquivos) de log e até 256 canais;
• Modo simples com taxa de amostragem geral de 25, 50, 100 ou 200Hz;
• Modo avançado permite configuração individual da taxa de amostragem por canal de
1, 5, 25, 50, 100 ou 200Hz;
• Acionamento automático por RPM, botão na tela ou botão externo;
• Capacidade de armazenamento de até 2h50min (24 canais a 25Hz);
• Software FTManager Datalogger para visualização e comparação de logs.

funções de arrancada

• Modo burnout, 2-step, 3-step (inclusive Roll Start);
• Acionamento do 2-step por velocidade ou pressão/posição da embreagem;
• Saída para acionamento de Line lock de freio;
• Controle da pressão freio através do line lock
• Mapa de ignição para corte de arrancada;
• Controle de rotação por tempo através de atraso ou corte de ignição;
• Controle de velocidade ou RPM do cardan por tempo através de atraso ou corte de
ignição;
• Atraso ou avanço de ponto de ignição por tempo;
• Enriquecimento de combustível por tempo;
• Função PRO-Nitro para até 6 estágios com controle de acionamento, enriquecimento
de combustível e mapas de ponto de ignição;
• Saída para troca de marcha;
• Saída ativada por tempo;
• Controle de alinhamento;
• Controle de Wheelie;
• Função treino de largada (Drag Race Game).
• Pacote Bracket Racing;

 

funções de rua

• Horímetro total e parcial
• Odômetro total e parcial
• Farol baixo e alto
• Luzes de conversão
• Pit limit / Limitador de velocidade
• Botão de partida (START/STOP)
• Função Anti Lag / Pops and Bangs / Freio Motor

outras funções

• BoostController integrado: controle de pressão na válvula wastegate;
• Controle de lenta por ponto e por válvula PWM;
• Controle de comando variável VVT em malha fechada com 1 comando de admissão e
1 de escape;
• Controle de câmbio automático para até 10 marchas, com acionamento de 8
solenoides de troca de marcha, solenoide de controle da pressão de óleo e solenoide
do acumulador. Opção de troca manual por meio de paddle shift;
• Controle de Lockup do conversor de torque de câmbios automáticos;
• Corte de combustível na desaceleração (Cut-Off);
• Acionamento de até dois eletroventiladores por temperatura do motor ou arcondicionado, sendo uma delas com capacidade de acionamento por PWM (soft start);
• Controle de acionamento de ar condicionado;
• Controle temporizado da bomba elétrica de combustível;
• Acionamento de comando de válvulas variável (VTEC);
• Controle de nitro progressivo (#1 e #2) com enriquecimento de mistura e retardo de
ponto de ignição;

• Saída auxiliar por PWM;
• Saída ativada por MAP;
• Saída ativada por RPM;
• Diferentes opções para detecção de marcha: Queda de rotação, sensor analógico, por
pulso, por velocidade e relação de marcha ou por saída de troca de marcha.
• Botão de partida (START/STOP), permite ligar e desligar o motor através de uma saída
com relé ligada ao motor de partida.
• Partida a frio com reservatório;
• Controle de tração ativo atua no motor a fim de manter o destracionamento (slip) em
níveis ideais para a máxima tração utilizando a velocidade de referência do veículo e a
velocidade de tração.
• Método de controle de potência de alta resolução para limitador de RPM. Controla o
ponto de ignição em cada cilindro e reduz consideravelmente o tempo de
carregamento do turbo. Permite utilizar RPM mais baixo ou maior pressão no mesmo
RPM de arrancada, mantém os cilindros e as velas em condições de máxima eficiência,
pois, os mantém secos, evita os cortes de ignição e ainda suaviza a operação o 2-step.
• Pit limit / Limitador de velocidade
• Saídas genéricas permitem configurar até 8 saídas associando uma entrada e
definindo de que forma a saída será ativada
• Compensação por mistura de etanol (Flex Fuel)
• Modo osciloscópio para análise em tempo real do sinal de RPM e fase, mostrando o
desenho da onda gerada pelos dentes da roda fônica e da fase.
• Teste de compressão relativa de cilindros: permite avaliar se existe perda de
compressão em um ou mais cilindros do motor
• Função “Push to Pass” para uso com aplicações com borboleta eletrônica;
• Controle de compressor pneumático: permite controlar a pressão do ar comprimido

sensores pré definidos

• Sensores pré-definidos facilitam a configuração e uso:
• Pressão de óleo
• Pressão de combustível
• Pressão de admissão externo (MAP – GM 1 bar, 1.05 bar, 2 bar, 3 bar, 3.05
bar)
• Pressão de garrafa de nitro
• Pressão da embreagem
• Pressão da wastegate
• Pressão do freio
• Contrapressão de escape
• Pressão do cárter
• Pressão da transmissão
• Pressão do conversor de torque
• Pressão da água do motor
• Temperatura do ar
• Temperatura do motor
• Temperatura de gás de escape (EGT)
• Temperatura da transmissão
• Temperatura do intercooler
• Temperatura dos pneus
• Temperatura da pista
• Posição da embreagem
• Posição dos amortecedores
• Velocidade de roda
• Rotação do cardan
• Rotação do câmbio
• Rotação do turbo (1 e 2)

• Sensor de altura
• Sensor de inclinação
• Sensor Flex Fuel
• Vazão de combustível
• Pressão de ar comprimido

proteção e alertas

• Limitador de rotação por corte de combustível ou de ignição;
• Shift light com sinal sonoro com atuação no painel de instrumentos e shift light externo;
• Alertas com opções individuais de aviso, limitação de RPM ou corte do motor por:
        • Alta temperatura no escape (EGT), baixa temperatura no escape (EGT),
        batente de malha fechada de injeção, pressão excedida, rotação excedida,
        temperatura do motor, injetores saturados, pressão de óleo, pressão de
        combustível, pressão diferencial de combustível, Pressão de turbo por % de
        etanol, taxa de aquecimento de EGT individual, excesso de rotação de turbo,
        variação de pressão do cárter;

softwares

• O FTManager possui diversas ferramentas e funções:
• Edição dos mapas em tempo real
• Edição dos índices das tabelas dos mapas
• Salvar e ler mapas salvos no PC
• Abrir mapas embutidos em logs
• Exibição dos mapas de combustível em ms, %VE, %DC e lb/h
• Suavização de superfícies em um mapa 3D
• Facilidade na edição dos controles por tempo, organizando todos em uma tela
e possibilitando a utilização de um log para referencia
• Edição do ProNitro auxiliado pelo gráfico dos estágios
• Permite importar mapas da linha antiga (FT200, FT250, FT300, FT350 e FT400)
• Permite importar algumas tabelas especificas de outros mapas
• Atualizar a ECU
• Alterar a imagem de apresentação
• Analisar o funcionamento do motor em tempo real, através de gauges e
gráficos com opção de tela cheia.
• Verificar as mensagens de alerta ou status
• Testar as funções controladas por tempo
• Editar os canais que serão logados e suas taxas individuais
• Alterar entre mapas em formatos linha (2D) ou tabelas (3D)
• Editar hodômetro e horímetro
• Redefinir as configurações para o padrão de fábrica
• Recalibrar o touchscreen
• Visualizar todos os dispositivos conectados na rede CAN
• Receber avisos sobre novas atualizações
• Conectar a outro FTManager através da internet, permitindo dar ou receber
suporte remoto.
• Modo Simulador de Motor, que permite editar valores de leitura dos sensores
e acionar botões de algumas funções para simular o funcionamento do motor
e testar as respostas dos atuadores;
• Envio rápido e simplificado de mapas e logs diretamente do software
FTManager para o e-mail desejado;
• FTDatalogger
• Download e análise dos LOGs da linha PowerFT
• Função para comparação de logs
• Canais matemáticos que permitem complementar a analise
• Permite exportar os dados em formato CSV

• Funções Overlay que permitem uma melhor análise dos dados em conjunto
com as tabelas do mapa:
      ▪ Sobrepor o mapa de combustível: permite visualizar regiões onde o
        mapa foi mais utilizado
      ▪ Sobrepor o mapa de ignição: permite visualizar regiões onde o mapa
        foi mais utilizado
      ▪ Correções do malha fechada: As correções realizadas pela malha
        fechada poderão ser calculadas sobre uma amostra de um log e
        posteriormente aplicadas no mapa principal de injeção.
• Possibilidade de usar fundo claro ou escuro para uma melhor visualização dos
dados
• Permite escolher se os valores das linhas serão exibidos no log ou somente no
painel de visualização
• Visualização da linha de tempo completa, facilitando a localização no log
• Redefinir o tempo Zero do log
• Permite apagar a memória do log da ECU através do PC
• Permite recortar pedaço do log para novos arquivos.
• App FuelTech Datalog:
    Exibe até 4 canais de um log direto pelo celular (Android e iOS)

características gerais

• Ajuste da intensidade da iluminação do display;
• Modo dia e noite por seleção ou automático por entrada;
• Ajuste de intensidade do volume da interface e dos avisos sonoros;
• Memória para armazenar 5 ajustes (possibilidade de troca por botão externo);
• Senhas de proteção da ECU e do Mapa. Conta com seleção individual de proteção por
  função e de gravação de um mapa vinculado ao serial de uma ECU. Senha de
  manutenção para proteger a edição do horímetro total e odômetro total.
• Comunicação com PC via cabo mini USB;
• Temperatura de operação: -20ºC a +70ºC.
• Tensão de alimentação máxima: 20V

dimensões

• Módulo FT450: 146 x 92 x 54 mm
• Embalagem FT450: 310 x 225 x 85 mm
• Caixa de transporte: 330 x 240 x 150 mm

peso

• Módulo FT450: 270 g
• Embalagem FT450 sem chicote: 1200 g
• Embalagem FT450 com chicote 3 metros: 1870 g
• Chicote FT450 3 metros: 670 g

garantia 

Brasil: 3 anos

conteúdo da embalagem

• 1 Módulo FT450 SFI;
• 1 Chicote elétrico (A) de 3 metros para instalação (opcional na compra);
• 1 Manual de instalação e operação;
• 1 Sistema de fixação;
• 1 Cabo mini USB;
• 1 Cartela de adesivos.

contato

FuelTech Brasil
www.fueltech.com.br

+55 (51) 3019-0500
comercial@fueltech.com.br