Home office na FuelTech: o balanço de um ano de adaptação à pandemia

junho 24, 2021

Desde março de 2020, quando os efeitos da pandemia da Covid-19 começaram a ser notados com mais força no Brasil, a FuelTech tem colocado em prática novos modelos de trabalho, como resposta às mudanças do cenário mundial. O foco na transformação digital já estava presente, mas a verdade é que a pandemia acelerou este processo. 

Como diz o CEO e fundador da FuelTech, Anderson Dick, as dificuldades nos dão oportunidades para crescer. E em 2020, aprendemos a trabalhar de modo remoto e a nos superar em diferentes necessidades. Temos muito a agradecer por termos sido capazes de aprender tanto em meio à tamanha dificuldade.

Adaptação acelerada

Diante do desafio de se adaptar, tomamos a iniciativa de fazer algo que gostamos muito: acelerar! O ganho em agilidade nas tomadas de decisões, a prontidão e o dinamismo dos times refletiram na mudança do formato de trabalho em tempo recorde. Os dividendos dessa iniciativa foram o aumento da produtividade e melhoria na qualidade de vida dos nossos colaboradores, com menor tempo para deslocamentos e maior aproximação de suas famílias.

Rafael Pereira, coordenador comercial na FuelTech, teve sua primeira experiência com o trabalho home office com a chegada da pandemia. Para ele, um dos principais benefícios desta modalidade de trabalho é poder ter mais tempo com a família. “No meu caso, ganho três horas do meu dia, por não precisar me deslocar de casa para o trabalho”, conta. 

Logicamente, alguns desafios surgiram ao longo do caminho, como a dificuldade de comunicação entre setores e a adequação ao horário de trabalho das equipes. Para estes casos, investimos em serviços, equipamentos e infraestrutura de tecnologia, que permitem a agilidade na comunicação e a diminuição de barreiras, além do acompanhamento próximo e constante da rotina de cada colaborador.

Foco nas tarefas, não no horário

Para Denver Marchese Orsolin, especialista em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), sua primeira experiência constante e regular de home office tem sido muito positiva. Segundo ele, a transição foi rápida e a adaptação teve que ser, nas suas próprias palavras, “do jeito que deu”. 

Hoje, após um ano de atuação nesse modelo, o ambiente de trabalho já está estruturado e a dinâmica, o fluxo de informações e o desenvolvimento dos projetos tem andado muito bem. Denver atribui o sucesso dessa adaptação à metodologia Scrum de gerenciamento dos projetos, utilizada em seu setor. Para ele, a metodologia permite o foco nas tarefas, não necessariamente no horário.

Denver ressalta que nem tudo são flores, pois há pontos negativos no home office, como a falta de convivência com os colegas de equipe. “Embora a agenda de trabalho contemple reuniões diárias e a comunicação ativa, nada disso substitui a vivência do dia a dia e o almoço com os colegas”, diz.

Hoje com 41% da equipe com atuação em formato presencial, precisamos nos adequar aos horários e restrições de diferentes decretos e ainda manter a sinergia entre times remotos e presenciais. O desafio é diário, mas temos conseguido chegar lá.

Com a adequação de cada time e pessoa à dinâmica que melhor atenda ao setor e a empresa, criamos modelos efetivos e que serão mantidos e adaptados à rotina pós-pandemia, como veremos a seguir em nossos modelos de trabalho listados a seguir.

🏭 FT Office:

*Para as equipes que precisam estar na empresa pela natureza do trabalho e impossibilidade de execução das atividades em home office;

*Voltado ainda às equipes administrativas de apoio e necessidade constante de contato presencial com o cliente.

↔ FT Flex:

*Neste modelo, se enquadram quase todos os demais setores. Por identificarmos a necessidade de interação entre áreas, os colaboradores aqui inseridos atuam presencialmente de duas a três vezes na semana, com os demais dias em home office;

*Para estes casos, temos o cuidado de possibilitar o contato entre todos os membros da equipe, em algum momento ao longo do mês, para mantermos a sinergia e troca de experiências preservadas.

💻 FT Anywhere:

*Para alguns cargos e setores, é possível instaurarmos o modelo 100% remoto, considerada a natureza da atuação e viabilidade para a gestão e para a empresa;

*Aos que atuam em estados fora do RS, a proposta é que tenhamos encontros trimestrais, para que estes colaboradores possam vivenciar a realidade da nossa estrutura matriz;

*Aos que residem no RS, onde fica a sede da FuelTech, os encontros devem ser mensais.

Com os modelos definidos e ainda seguindo todos os critérios de cuidado que o momento exige, estamos em constante melhoria dos processos internos para atender a esta nova realidade, que traz inúmeros benefícios e possibilidades a uma empresa que está, por essência, em constante movimento e expansão.




Leia Mais!

FuelTech Off Road: Torne seu jipe ou gaiola um campeão!
FuelTech Off Road: Torne seu jipe ou gaiola um campeão!

junho 17, 2022

Os módulos FuelTech fazem cada vez mais sucesso entre os jipeiros. Confira algumas das funções que podem ajudar seu projeto, não importa o terreno em que você for acelerar!

Clique e confira!

FT Education: os 10 anos da fábrica de campeões da FuelTech
FT Education: os 10 anos da fábrica de campeões da FuelTech

maio 25, 2022

Conheça nossa divisão de treinamentos, que há uma década forma profissionais campeões e qualifica a mão de obra do mercado de alta performance!

Clique e confira!

Como instalar FuelTech?
Como instalar FuelTech?

maio 12, 2022

Quer melhorar o gerenciamento do seu projeto de rua ou pista com a FuelTech e não sabe por onde começar com a instalação? Confira aqui todos os detalhes de como e onde instalar!

Clique e confira!