Input Expander FuelTech!

janeiro 13, 2021

 


O número de entradas disponíveis é um dos fatores que diferenciam os módulos da linha Power FT. O total varia de 7 entradas no modelo inicial (a
FuelTech FT450) até 20 entradas no item topo de linha, a FuelTech FT600. Mas há uma novidade que pode mudar essa matemática. E fomos nós mesmos da FuelTech que inventamos isso para você: o FuelTech Input Expander.

 

Em tradução livre, nosso novo produto é um expansor de entradas. Ele pode ser encaixado em qualquer produto da linha PowerFT e acrescenta 24 entradas além das originais em seu módulo: são 20 entradas analógicas e outras 4 para sensores indutivos.

 

Ou seja: se você possui uma FT450, seu módulo terá um total de 31 entradas, ainda mais do que numa FT600 original. E se você possuir uma FT600, por exemplo, seu número de possibilidades será quase ilimitado.


Sensores quase infinitos

 

O FuelTech Input Expander surgiu como necessidade justamente do mercado dos EUA, em que as equipes locais careciam de mais entradas em suas FuelTech FT600 para seus avançados e velocíssimos modelos da categoria de arrancada Pro Mod. Os times queriam ampliar o leque de sensores para aferição de itens como temperatura de pneus e da pista, sensores de altura, curso de suspensão e etc.

 

Entre os equipamentos que podem ser ligados ao novo expansor, o coordenador do suporte técnico da FuelTech, Maurício Stumpf, destaca a possível adição de sensores de velocidade de roda, pressão de óleo e combustível, contrapressão de escape, curso de suspensão, sensor flex fuel, temperatura de óleo, pressão de líquido de arrefecimento, fluxo de combustível e temperatura do ar antes e depois de sua passagem pelo intercooler, de modo a aferir a a eficiência do equipamento.

 

“O Input Expander vai casar com o usuário da FT450 que possui um número mais restrito de entradas, mas pode ser útil mesmo para quem usa a FT600, pois há equipes que usam tantos sensores que todas as entradas, mesmo na FT600, são lotadas rapidamente”, depõe Stumpf. O expansor, claro, também pode ser utilizado nos outros módulos que integram a linha PowerFT: FuelTech FT550 e a FuelTech FT550LITE


Todos os dados em um arquivo

 

Com o FuelTech Input Expander, todos os dados são enviados pela rede CAN do módulo PowerFT. Com isso, todos os dados colhidos pelos sensores ligados ao expansor de entradas ficam disponíveis no mesmo log de seu módulo FuelTech, sem necessidade de baixar arquivos em separados para os novos sensores possibilitados pelo Input Expander.

A instalação também foi pensada para trazer comodidade ao usuário. “Basta ligar os fios positivo, negativo e conector da rede CAN no módulo FuelTech. É possível fazer a configuração por meio do software da FT. Neste caso, basta ligar os fios laranjas e entradas de rotação do expansor de entrada nos sensores que o usuário quer adicionar”, explica Maurício.

 

As 20 entradas analógicas disponíveis aceitam qualquer sensor com tensão que varia de 0 a 5 volts em seus fios laranjas. Já os sensores indutivos também são de fácil instalação por meio de conexão com o Input Expander.



Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.


Leia Mais!

Pole, vitória e dobradinha com FuelTech no Endurance em Curitiba
Pole, vitória e dobradinha com FuelTech no Endurance em Curitiba

junho 09, 2021

Vitória do AJR de Lucas Kohl, Marcelo Vianna e Emílio Padron, conquistada sobre os companheiros de equipe Vicente Orige e Gustavo Kiryla, foi definida na última volta da prova de quatro horas na capital paranaense

Clique e confira!

Inédito: FuelTech no Rally dos Sertões, de UTV e híbrido!
Inédito: FuelTech no Rally dos Sertões, de UTV e híbrido!

maio 28, 2021

O primeiro UTV fabricado no Brasil será também o primeiro híbrido para competição do planeta. Conheça esse desafio que tem a cara da FuelTech e vai marcar nossa estreia na maior competição off road das Américas

Clique e confira!

Humberto, o mais antigo na FuelTech: “aqui é um lugar de pessoas apaixonadas”
Humberto, o mais antigo na FuelTech: “aqui é um lugar de pessoas apaixonadas”

maio 21, 2021

Engenheiro e coordenador de P&D, Humberto Beck chegou a FuelTech em 2007, quando tínhamos sete funcionários. Hoje, a empresa tem mais de uma centena de colaboradores, mas ele garante: a essência dotada de dinamismo, diálogo aberto e paixão continua intacta.

Clique e confira!