Nova Atualização 4.0 para FT450, FT500, FT500LITE, FT550 e FT600!

Novembro 20, 2018

Nova Atualização 4.0 para FT450, FT500, FT500LITE, FT550 e FT600!

A Nova versão 4.0 para os módulos FT450, FT500, FT500LITE, FT550 e FT600 está disponível para download, confira o guia de instrução para utilizar as novas funções. 

Antes de atualizar seu módulo, confira as instruções abaixo:

1º Passo – Antes de atualizar salve os mapas e logs salvos no módulo: Antes de mais nada é sempre bom fazer uma cópia dos mapas para o computador, então antes de instalar a nova versão, salve seus mapas importantes no computador, aproveite e baixe os logs que estão na memória do módulo FuelTech pois eles serão apagados após a atualização.
 

2º Passo – Baixe a versão 4.0 do FT Manager: FAÇA O DOWNLOAD DA NOVA VERSÃO AQUI ou no menu "Softwares" no site FuelTech.

Em seguida abra o programa e aguarde o final da instalação. (Caso o windows defender apresente um aviso na instalação, siga o procedimento no final da página.)

 

3º Passo - FT Updater: abra o software FT Manager, conecte o cabo USB nos módulos FT450, FT500, FT500LITE, FT550 e FT600 e no computador, clique na aba “Ferramentas” e no ícone chamado “ECU Updater”. 

 

Uma nova janela surgirá, clique no botão “Download” e aguarde até o final da atualização, um aviso será exibido na tela. No espaço localizado à direita da tela, chamado “Notas da versão”, estão descritas todas as novidades.

  

 Novidades da versão 4.0: 

- Compatibilidade FT450 e FT550

            O software FTManager passa a ser compatível com os novos módulos da linha Power FT (FT450 e FT550). Os módulos compartilham a mesma plataforma de software e funções operacionais, possuem restrições de uso apenas quando for exigido hardware específico para o funcionamento da função (GearController, borboleta eletrônica e acelerômetro, por exemplo).
 

- Tela de apresentação customizável (FT450/FT550/FT600)

            É possível configurar a tela de inicialização do módulo, colocando uma imagem personalizada da maneira desejada, o tempo de exibição também é configurável.  

 
Configuração da tela de apresentação configurável 


- LEDs virtuais (FT450/FT550)

            Nos módulos FT450 e FT550 é possível habilitar até 4 LEDs virtuais para alertas de diferentes funções. Ao ativar o LED, o nome do alerta é exibido para identificá-lo e enquanto a condição de acionamento do LED estiver sendo satisfeita o mesmo fica ativo. Há dois modos para o funcionamento do LED, piscando ou sempre ativo. Ainda pode-se configurar até 3 funções por LED, funcionando de maneira independente ou relacionadas.

 


- Função de aplicação das correções da malha fechada no mapa de injeção

            As correções realizadas pela malha fechada poderão ser calculadas sobre uma amostra de um log e posteriormente aplicadas no mapa principal de injeção. Para realizar esse procedimento é necessário que o mapa principal de injeção por MAP ou por TPS esteja configurado como Avançado.

            Durante o log, todas as correções da malha fechada serão armazenadas e, de acordo com as configurações aplicadas, é calculado um valor médio das correções para cada região do mapa, aproximando os tempos de injeção de cada faixa com base na necessidade do motor no momento que o log foi gravado. O valor corrigido é uma aproximação do que foi solicitado de correção em relação aos alvos de malha fechada configurados no mapa. Há configurações que limitam os valores considerados no cálculo, como temperatura do motor, temperatura do ar, tensão da bateria e valores de lenta.

 


- Malha fechada para duração da redução de potência em câmbios sequenciais

            As funções GearController integrado (FT550/FT600) e Saída para troca de marchas passam a ter opção de habilitar controle de malha fechada do tempo de corte quando utilizado sensor de posição de marchas analógico como detecção de marchas em câmbios sequenciais. O controle de malha fechada lê através do sensor analógico quando a próxima marcha foi efetivamente acoplada, permitindo que o tempo de corte aplicado seja somente o necessário para efetuar a troca.

 Corte na Troca de Marchas (GearController) para FT550 e FT600 

Saída para troca de marchas para FT500 


- Novos instrumentos de inclinômetro

            Nos módulos FT550 e FT600 estão disponíveis para visualização no painel de instrumentos os ícones de inclinômetro frontal e lateral, que são calculados a partir do acelerômetro interno do módulo.

 


- Edição da curva de borboleta eletrônica x pedal

            A curva de posição da borboleta em relação à posição do pedal pode ser editada de acordo com a necessidade de cada caso, existem até 16 células para edição, proporciona progressão customizada de avanço da borboleta.

 


- Sensor pré definido de RPM de turbo

            Disponíveis dois canais de leitura de sensores que medem a rotação do turbo compressor, permitindo configuração do número de pás do rotor e o divisor interno do sensor.

 


- Novos sensores de pressão pré definidos

            Adicionados os sensores pré definidos de pressão PS-500 e PS-3000. 

- Novos sensores de temperatura pré definidos

            Novo sensor pré definido de temperatura SS300.

 


- Canal matemático de Pressão diferencial de combustível

            Canal no log que mostra pressão diferencial de combustível, isso permite melhor visualização do aumento da pressão de combustível de acordo com o aumento da pressão no coletor de admissão. 

- Canal matemático de Fluxo total de combustível

            Canal no log que soma o fluxo de combustível das bancadas de injetores, mostra a demanda de combustível do motor.

 

 

Melhorias: 

- Implementada barra de progresso para o status de andamento da conversão do mapa durante a atualização da ECU. 

- Mapa padrão FuelTech passa a não atribuir mais a sonda lambda na entrada analógica 1 por padrão. 

- Limite máximo para duração da redução de potência na troca de marchas fixado em 500ms. 

- Atualizados os valores padrões para redução de potência da saída da troca de marchas. 

- Check para ativar rampa de retorno do ponto de ignição quando o motor deixa a condição de marcha lenta. 

- Corte de ignição no 2Step passa a ser sempre habilitado para limitar o RPM estabelecido. 

- Possibilidade de optar pelo acionamento da saída de transbrake e controle de alinhamento no 2Step e/ou 3Step na função controle de alinhamento. 

- Detecção de marcha por sensor analógico passa a permitir opção de utilizar tensão intermediária ou janela ajustável de tensão para detectar a próxima marcha.